terça-feira, 15 de março de 2011

Tabela de Medidas

A tabela de medidas é um conjunto de medidas necessárias para a
construção das bases de modelagem. Elas são baseadas em médias
calculadas a partir de medidas tiradas do corpo de prova da Marca.
 Porém, em escala industrial, não existe outra maneira de
trabalhar a não ser padronizando as medidas, criando assim a tabela
de medidas da Marca, que deverá ser seguida pelo modelista.

No Brasil, não existe um padrão de tamanho obrigatório para o
vestuário, ocorrendo diferenças de tamanho entre as confecções.
Assim, as grifes determinam suas próprias tabelas de tamanho, de
acordo com o corpo de prova, que será direcionado ao seu cliente.


O Instituto Nacional de Metrologia, Normalização
e Qualidade Industrial (Inmetro) recebeu do Comitê Brasileiro de
Têxteis e Vestuário, da Associação Brasileira de Normas Técnicas
(ABNT), a solicitação para edição de uma norma que fixará um
prazo para as confecções brasileiras se adequarem ao Novo
Regulamento Técnico de Etiquetagem de Produtos Têxteis.


A lei antiga já obrigava os confeccionistas a afixarem nas roupas
etiquetas com informações sobre o fabricante (CNPJ), a
composição do tecido e os cuidados para a conservação do
produto. Agora, exige que a etiqueta traga também o tamanho da
roupa – com base em uma medida de referência-padrão


Cada empresa tem sua própria tabela voltada para o público que
quer atingir. Mas, com a regulamentação pelo Inmetro, os fabricantes
que não se enquadrarem poderão ser autuados e multados.



A tabela, a ser utilizada na regulamentação é normatizada pela
Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), foi criada em
maio de 1995 (a NBR 13377 – Medidas Normativas Referenciais
Mínimas para o Vestuário), regulamentando as escalas de
tamanhos das roupas de PP a GG, ou seja, de 34 ao 52.


Porém, foi detectada a necessidade de se ampliar a NBR 13377.
Essa constatação foi realizada pelo Programa de Certificação de
Qualidade dos Produtos da Indústria do Vestuário. O programa é
desenvolvido pela Associação Brasileira do Vestuário (ABRAVEST)

para qualificar e credenciar o setor e atender à Resolução 04/92
(CONMETRO Lei das Etiquetas) e ao Código de Defesa do
Consumidor. Iniciou-se um Censo Antropométrico Brasileiro com
o intuito principal de conhecer o biótipo brasileiro. Sendo assim,
a norma está sendo revisada pela Comissão de Estudos de
Medidas de Tamanho de Artigos Confeccionados (CE 17.700.04),
do Comitê Brasileiro de Têxteis e do Vestuário (ABNT/CB-17), tendo
um enfoque mais ligado aos resultados deste trabalho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário